string(65) "

Sinduscon inaugura “Muro da Gentileza” na Casa do Bem

Um local onde “quem tem deixa, quem precisa pega”. Esse o conceito do “Muro da Gentileza – Quem tem deixa, quem precisa pega”, inaugurado nesta quinta-feira, 15, pelo Sindicato da Indústria da Construção Civil, em parceria com a Organização não Governamental Casa do Bem. A idéia é simples, as pessoas doam objetos, novos ou usados, para serem distribuídos com a comunidade.

Nessa primeira edição do projeto, os associados do Sinduscon fizeram doações de roupas, sapatos e um brinquedo para as crianças do bairro de Mãe Luiza, onde a Casa do Bem está situada e realiza trabalho de assistência social. O Sindicato também realizou retoques e a pintura das paredes da área onde fica o "Muro da Gentileza", além de ter mandado pintar um mural, trabalho artístico a cargo do grupo Aboio.

A proposta do projeto é estimular os associados do Sindicato e a sociedade a fazerem doações regulares para a comunidade assistida pela ONG. O Sinduscon deverá realizar entre três a quatro campanhas anuais para arrecadar doações para o projeto.

O presidente do Sinduscon, Arnaldo Gaspar Júnior, disse que se inspirou numa ação desenvolvida pelo colégio São Vicente de Paula, do Rio de Janeiro, onde estudou. Ele conta que tomou conhecimento da ação através das redes sociais, “Achei a idéia muito legal, com a cara da juventude, uma homenagem à utopia”, disse.

Segundo Arnaldo Gaspar Jr., a ação não é só do Sinduscon. “O muro da gentileza está aqui para receber doações de toda a sociedade”, afirmou.

A Casa do Bem, presidida pelo escritor e jornalista Flávio Rezende, tem como objetivo ocupar jovens em situação de risco com atividades culturais, esportivas, educativas e sociais, desenvolvendo projetos para adolescentes, idosos e, ajudando ainda, com distribuição de alimentos, cursos, palestras e incentivado a sociedade a doar objetos, alimentos, roupas e utensílios domésticos para as pessoas carentes.

"

FIERN | SESI | SENAI | IEL

Portuguese Chinese (Simplified) English French German Italian Japanese Korean Russian Spanish

Notícias - Destaque

Sinduscon inaugura “Muro da Gentileza” na Casa do Bem

Um local onde “quem tem deixa, quem precisa pega”. Esse o conceito do “Muro da Gentileza – Quem tem deixa, quem precisa pega”, inaugurado nesta quinta-feira, 15, pelo Sindicato da Indústria da Construção Civil, em parceria com a Organização não Governamental Casa do Bem. A idéia é simples, as pessoas doam objetos, novos ou usados, para serem distribuídos com a comunidade.

Nessa primeira edição do projeto, os associados do Sinduscon fizeram doações de roupas, sapatos e um brinquedo para as crianças do bairro de Mãe Luiza, onde a Casa do Bem está situada e realiza trabalho de assistência social. O Sindicato também realizou retoques e a pintura das paredes da área onde fica o "Muro da Gentileza", além de ter mandado pintar um mural, trabalho artístico a cargo do grupo Aboio.

A proposta do projeto é estimular os associados do Sindicato e a sociedade a fazerem doações regulares para a comunidade assistida pela ONG. O Sinduscon deverá realizar entre três a quatro campanhas anuais para arrecadar doações para o projeto.

O presidente do Sinduscon, Arnaldo Gaspar Júnior, disse que se inspirou numa ação desenvolvida pelo colégio São Vicente de Paula, do Rio de Janeiro, onde estudou. Ele conta que tomou conhecimento da ação através das redes sociais, “Achei a idéia muito legal, com a cara da juventude, uma homenagem à utopia”, disse.

Segundo Arnaldo Gaspar Jr., a ação não é só do Sinduscon. “O muro da gentileza está aqui para receber doações de toda a sociedade”, afirmou.

A Casa do Bem, presidida pelo escritor e jornalista Flávio Rezende, tem como objetivo ocupar jovens em situação de risco com atividades culturais, esportivas, educativas e sociais, desenvolvendo projetos para adolescentes, idosos e, ajudando ainda, com distribuição de alimentos, cursos, palestras e incentivado a sociedade a doar objetos, alimentos, roupas e utensílios domésticos para as pessoas carentes.

Prev Next