string(65) "

Representantes da Engie Brasil Energia visitam CTGAS-ER

Tendo em vista o conceito que dispõe, no Brasil e no exterior, perante indústrias e instituições governamentais e privadas, na área do ensino profissionalizante e da pesquisa, atuando no campo do gás e das energias renováveis, o Centro de Tecnologias do Gás e Energias Renováveis-CTGAS-ER (Consórcio SENAI/Petrobras) recebe continuamente visitas de empreendedores e pesquisadores.

Na quarta-feira, 15, representantes da empresa ENGIE BRASIL ENERGIA SA, visitaram as instalações do Centro, sendo recebidas pela diretora Executiva, Cândida Amália e equipe da área de Educação.

A comitiva visitante, formada pela coordenadora de Meio Ambiente Karen Schroder, Carina Morais e Gisele Mendes, tinha como objetivo conhecer o que o CTGAS-ER dispõe, visando a formação e qualificação de mão de obra local, para a área das energias solar e eólica.

A indústria energética está se instalado no Vale do Assú, com a Central Fotovoltaica Assú V, que está em fase preliminar de implantação, com todas as licenças concedidas pelas entidades ambientalistas. A empresa, com sede em Florianópolis, Santa Catarina, atua na geração de energia, de diferentes fontes, em projetos em todas as regiões do Brasil.

Após receber informações sobre os serviços prestados pelo CTGAS-ER, para a formação de profissionais qualificados para atuar na área das energias renováveis, os visitantes conheceram as instalações dos laboratórios de Mapas, Dados e Recursos Energéticos, Química Ambiental e Energia Solar. Os pesquisadores do Centro detalharam os serviços que prestam e as pesquisas que desenvolvem, visando oferecer, às industrias e empreenderes, condições tecnológicas para a execução de projetos no campo das energias limpas

SENAI CTI Aluízio Alves forma primeira turma de Redes de Fibras Ópticas de 2017

O SENAI CTI Aluízio Alves encerrou sua primeira turma de Redes de Fibras Ópticas do ano de 2017. Composta por 20 alunos e ministrada no turno da noite, a turma era formada por estudantes e profissionais de diferentes áreas que procuravam uma maior prática com a Fibra. Em 2016, seis turmas concluíram o curso.


No curso de aperfeiçoamento, que tem duração de 30 horas, os alunos são capacitados para atuar na execução de projetos e montagem de redes e estruturas ópticas, oferecendo soluções para esse meio de transmissão, incluindo a Fusão de Fibra Óptica e Certificação de rede na prática.


“Eu já esperava algo surpreendente, já que a Fibra é um meio de comunicação que alcança longas distâncias numa velocidade altíssima. Fui desafiado com novos conceitos e gostei da didática apresentada pelo professor”, afirmou o aluno Rerison Rodrigues, acrescentando que também aprovou a localização e infraestrutura.


Ainda em outros depoimentos, alunos que já haviam cursado a disciplina de Redes de Fibras Ópticas afirmam que aprenderam muito mais, por ter sido um curso mais prático, onde tiveram a oportunidade de conhecer de fato a fibra.


Uma nova turma de Redes de Fibras Ópticas começará na próxima segunda-feira, 20.

Ex-aluna do CTGAS-ER retorna como professora de Eletricidade Industrial

Um exemplo de superação de dificuldades, força de vontade e dedicação aos estudos, somando-se à qualidade do ensino praticado pelo CTGAS-ER/SENAI, que cuida do aluno visando também formar o cidadão, além do profissional, foi demonstrado durante a apresentação dos professores do SENAI/SESI, aos alunos do EBEP, no início das aulas, no Centro de Tecnologias do Gás e Energias Renováveis: a mais nova professora da instituição, Isabelle Vitória Medeiros dos Santos, 20 anos, e ex-aluna do Centro de Tecnologias do Gás e Energias Renováveis-CTGAS-ER, se apresentou e falou sobre as dificuldades que encontrou para estudar, ressaltando a qualidade do ensino do SENAI e a dedicação e apoio oferecido ao aluno, visando a superação das barreiras extraclasse, durante o processo de formação profissional. A diretora Executiva, Cândida Amália Aragão, elogiou a força de vontade e a dedicação de Isabelle, que devem servir de exemplo para todos os alunos do CTGAS-ER.

Emocionada, Isabelle, oriunda da Fundação Bradesco, relatou que sempre teve inclinação pela área tecnológica e, ao concluir o Ensino Fundamental, parou para pensar qual seria o seu destino. Analisou as opções e decidiu pelo curso Técnico de Eletrotécnica, ministrado pelo CTGAS-ER/SENAI. Isabelle concluiu Eletrotécnica entre 2011 e 2013, foi estagiária em 2014, em seguida entrou na Universidade Federal do Rio Grande do Norte, onde cursa o sexto ano de Engenharia Elétrica e agora retorna ao CTGAS-ER/SENAI como professora de Eletricidade Industrial.

Ela destacou a interligação que existe entre a família e o SENAI, onde seus pais também concluíram cursos de qualificação e exercem as profissões, além de um irmão, que estuda no CTGAS-ER e de um primo, que concluir no ano passado. Isabelle, no entanto, além de destacar a qualidade do ensino praticado pelo Centro, fez questão de enaltecer o apoio que recebeu extraclasse, que a auxiliaram sobremaneira na superação de dificuldades, até mesmo de locomoção, para frequentar as aulas.

Enfatizando que a dedicação é fundamental para o sucesso nos estudos, a nova professora dá o exemplo para seus alunos, lembrando a importância do foco da instituição, que além do ensino reconhecido nacionalmente pela qualidade, oferece ainda formação transversais, através de cursos simultâneos.

Obede dos Santos Silva e Vitória Cristina de Medeiros Santos, pais de Isabelle, que sempre residiram no bairro de Felipe Camarão, atestam o esforço e a perseverança da filha, as dificuldades que tiveram na formação da filha e também agradecem o apoio recebido, para transpor a fase em que esteve desempregado, superada após conclusão de curso no SENAI, a exemplo de Vitória, que se qualificou na instituição.

"

FIERN | SESI | SENAI | IEL

Portuguese Chinese (Simplified) English French German Italian Japanese Korean Russian Spanish

Notícias - SENAI

Representantes da Engie Brasil Energia visitam CTGAS-ER

Tendo em vista o conceito que dispõe, no Brasil e no exterior, perante indústrias e instituições governamentais e privadas, na área do ensino profissionalizante e da pesquisa, atuando no campo do gás e das energias renováveis, o Centro de Tecnologias do Gás e Energias Renováveis-CTGAS-ER (Consórcio SENAI/Petrobras) recebe continuamente visitas de empreendedores e pesquisadores.

Na quarta-feira, 15, representantes da empresa ENGIE BRASIL ENERGIA SA, visitaram as instalações do Centro, sendo recebidas pela diretora Executiva, Cândida Amália e equipe da área de Educação.

A comitiva visitante, formada pela coordenadora de Meio Ambiente Karen Schroder, Carina Morais e Gisele Mendes, tinha como objetivo conhecer o que o CTGAS-ER dispõe, visando a formação e qualificação de mão de obra local, para a área das energias solar e eólica.

A indústria energética está se instalado no Vale do Assú, com a Central Fotovoltaica Assú V, que está em fase preliminar de implantação, com todas as licenças concedidas pelas entidades ambientalistas. A empresa, com sede em Florianópolis, Santa Catarina, atua na geração de energia, de diferentes fontes, em projetos em todas as regiões do Brasil.

Após receber informações sobre os serviços prestados pelo CTGAS-ER, para a formação de profissionais qualificados para atuar na área das energias renováveis, os visitantes conheceram as instalações dos laboratórios de Mapas, Dados e Recursos Energéticos, Química Ambiental e Energia Solar. Os pesquisadores do Centro detalharam os serviços que prestam e as pesquisas que desenvolvem, visando oferecer, às industrias e empreenderes, condições tecnológicas para a execução de projetos no campo das energias limpas

SENAI CTI Aluízio Alves forma primeira turma de Redes de Fibras Ópticas de 2017

O SENAI CTI Aluízio Alves encerrou sua primeira turma de Redes de Fibras Ópticas do ano de 2017. Composta por 20 alunos e ministrada no turno da noite, a turma era formada por estudantes e profissionais de diferentes áreas que procuravam uma maior prática com a Fibra. Em 2016, seis turmas concluíram o curso.


No curso de aperfeiçoamento, que tem duração de 30 horas, os alunos são capacitados para atuar na execução de projetos e montagem de redes e estruturas ópticas, oferecendo soluções para esse meio de transmissão, incluindo a Fusão de Fibra Óptica e Certificação de rede na prática.


“Eu já esperava algo surpreendente, já que a Fibra é um meio de comunicação que alcança longas distâncias numa velocidade altíssima. Fui desafiado com novos conceitos e gostei da didática apresentada pelo professor”, afirmou o aluno Rerison Rodrigues, acrescentando que também aprovou a localização e infraestrutura.


Ainda em outros depoimentos, alunos que já haviam cursado a disciplina de Redes de Fibras Ópticas afirmam que aprenderam muito mais, por ter sido um curso mais prático, onde tiveram a oportunidade de conhecer de fato a fibra.


Uma nova turma de Redes de Fibras Ópticas começará na próxima segunda-feira, 20.

Ex-aluna do CTGAS-ER retorna como professora de Eletricidade Industrial

Um exemplo de superação de dificuldades, força de vontade e dedicação aos estudos, somando-se à qualidade do ensino praticado pelo CTGAS-ER/SENAI, que cuida do aluno visando também formar o cidadão, além do profissional, foi demonstrado durante a apresentação dos professores do SENAI/SESI, aos alunos do EBEP, no início das aulas, no Centro de Tecnologias do Gás e Energias Renováveis: a mais nova professora da instituição, Isabelle Vitória Medeiros dos Santos, 20 anos, e ex-aluna do Centro de Tecnologias do Gás e Energias Renováveis-CTGAS-ER, se apresentou e falou sobre as dificuldades que encontrou para estudar, ressaltando a qualidade do ensino do SENAI e a dedicação e apoio oferecido ao aluno, visando a superação das barreiras extraclasse, durante o processo de formação profissional. A diretora Executiva, Cândida Amália Aragão, elogiou a força de vontade e a dedicação de Isabelle, que devem servir de exemplo para todos os alunos do CTGAS-ER.

Emocionada, Isabelle, oriunda da Fundação Bradesco, relatou que sempre teve inclinação pela área tecnológica e, ao concluir o Ensino Fundamental, parou para pensar qual seria o seu destino. Analisou as opções e decidiu pelo curso Técnico de Eletrotécnica, ministrado pelo CTGAS-ER/SENAI. Isabelle concluiu Eletrotécnica entre 2011 e 2013, foi estagiária em 2014, em seguida entrou na Universidade Federal do Rio Grande do Norte, onde cursa o sexto ano de Engenharia Elétrica e agora retorna ao CTGAS-ER/SENAI como professora de Eletricidade Industrial.

Ela destacou a interligação que existe entre a família e o SENAI, onde seus pais também concluíram cursos de qualificação e exercem as profissões, além de um irmão, que estuda no CTGAS-ER e de um primo, que concluir no ano passado. Isabelle, no entanto, além de destacar a qualidade do ensino praticado pelo Centro, fez questão de enaltecer o apoio que recebeu extraclasse, que a auxiliaram sobremaneira na superação de dificuldades, até mesmo de locomoção, para frequentar as aulas.

Enfatizando que a dedicação é fundamental para o sucesso nos estudos, a nova professora dá o exemplo para seus alunos, lembrando a importância do foco da instituição, que além do ensino reconhecido nacionalmente pela qualidade, oferece ainda formação transversais, através de cursos simultâneos.

Obede dos Santos Silva e Vitória Cristina de Medeiros Santos, pais de Isabelle, que sempre residiram no bairro de Felipe Camarão, atestam o esforço e a perseverança da filha, as dificuldades que tiveram na formação da filha e também agradecem o apoio recebido, para transpor a fase em que esteve desempregado, superada após conclusão de curso no SENAI, a exemplo de Vitória, que se qualificou na instituição.

Prev Next