string(65) "

Ribeira Boêmia faz novo tributo ao Fundo de Quintal

Mais uma dupla homenagem vem por aí: ao Grupo Fundo de Quintal e ao compositor e violonista Cleber Augusto, um dos fundadores do Movimento Cacique de Ramos e ex-integrante do Fundo de Quintal. Este será o tom da próxima edição do Projeto Cultural Ribeira Boêmia, repetindo o sucesso de 2016, que acontece no próximo dia 25.03, a partir das 18h, no belo Solar Bela Vista, a nova casa do Projeto Cultural Ribeira Boêmia, no centro histórico de Natal, coladinho na Ribeira. O evento terá ainda a presença do sambista potiguar, hoje radicado no Rio de Janeiro, André da Mata.

A tradicional roda de samba do Ribeira Boêmia tem ainda uma escalação de peso de sambistas potiguares, com a participação de Berthone Oliveira, Matheus Magalhães e Everaldo Rodrigues. Abrindo a noite, nada menos do que o Samba Preto no Branco. E, como sempre, a condução de tudo será da roda oficial do Projeto, composta por Leonardo Galvão (cavaquinho); Anchieta Menezes (violão 7 cordas); Bruno César (sopros); Daniela Fernandes (voz); Rogério Madureira (voz e pandeiro); Ayrton Neto (voz e percussão); e Rafael Prada, Flaubert Benício e Alfredo Carvalho (percussão e efeitos gerais); e ainda a especial presença de Vinícius Assunção, do grupo Clave de Si (banjo).

“A contribuição que o Fundo de Quintal deu ao samba é indiscutível. Foi um grupo emblemático para toda uma geração de sambistas, como Jorge Aragão, Zeca Pagodinho, Arlindo Cruz, Almir Guineto, Sombrinha, entre outros, levando para o estúdio a música que era produzida no Cacique de Ramos. Além disso, introduziu novos instrumentos, como o tantã, o repique de mão e o banjo. Sem falar no papel fundamental que teve na formação de muitos sambistas potiguares”, afirma Leonardo Galvão, um dos idealizadores e produtores do Ribeira Boêmia, que lembra ainda que “Cleber Augusto foi integrante e contribuiu muito com a banda com a composição de grandes clássicos, como ‘A amizade’, ‘Lucidez’ e ‘Seja sambista também’“.

O Projeto contará, nessa edição especial, com o patrocínio da Prefeitura do Natal – Programa Djalma Maranhão, Unimed RN, Potiguar Turismo e Casa de Saúde São Lucas, além da parceria com Solar Bela Vista, nova casa do Ribeira Boêmia, e dos importantes apoios culturais, que viabilizam sua manutenção, como Sistema Fecomércio RN – SESC; Sistema FIERN – SESI, ART&C Comunicação Integrada; Universitária FM; ABIH RN; OAB RN – Caixa de Assistência aos Advogados; Le Postiche; IndetFix; e Neutron.

Sobre Cleber Augusto

O compositor e violonista Cleber Augusto nasceu no Rio de Janeiro, foi criado em Ramos e é nacionalmente conhecido como a “Voz calada do samba”. Iniciou sua carreira na década de 70, influenciado, já em sua adolescência, por grandes músicos e artistas, como Manuel da Conceição, Baden Powel e João Bosco. Atraído então por ritmos genuinamente brasileiros, foi convidado a ser músico de uma dupla da Jovem Guarda, Leno e Lilian.

Foi um dos fundadores do movimento Cacique de Ramos e lá se lançou como compositor. Como integrante do grupo carioca Fundo de Quintal, participou de gravações de discos e apresentações em inúmeros shows, compondo vários sucessos, que hoje são cantados por ícones da música brasileira, como “A amizade”, “O show tem que continuar”, “Lucidez”, dentre muitos outros.

Sobre André da Mata

O cantor, compositor e instrumentista André da Mata, hoje radicado no Rio de Janeiro, nasceu em Natal e foi criado em Mossoró. Encantou-se desde muito cedo pelo samba de raiz e fez dele a sua vida. Idealizou e durante 10 anos esteve à frente do Grupo Musical Samba Nobre, que tinha como objetivo fortalecer o movimento do samba pelo Nordeste. Finalista do maior festival de compositores do Brasil em 2013, o São Paulo Exposamba, André da Mata escolheu o Rio de Janeiro como morada, em busca da realização dos seus sonhos.

No final de 2015 gravou seu primeiro CD, apresentando 14 faixas, sendo 13 canções autorais e em parcerias. O trabalho teve a participação de artistas reconhecidos no cenário carioca e nacional, como Ronaldinho “Fundo de Quintal”, Marcelinho Moreira, Mingo Silva, Moyseis Marques e Maria Menezes. André da Mata fez o lançamento do seu CD no Carioca da Gema, Rio de Janeiro, em 2016.

Serviço:

O quê? Tributo ao Fundo de Quintal do Ribeira Boêmia

Quando? Sábado, 25 de março de 2017, a partir das 18h.

Onde? Solar Bela Vista – Rua São Tomé – Centro Histórico de Natal (vizinho ao Senac Centro).

Quanto*? Ingressos antecipados a preços promocionais (meia entrada para todos) de R$20,00.

Vendas antecipadas de ingressos: Le Postiche (Midway Mall e Natal Shopping – 2º piso)

Contatos para entrevistas:

Laumir Barrêto – 84 99953-0417 Leonardo Galvão – 84 99634-7999

(*) As mesas serão disponibilizadas gratuitamente, em número limitado, por ordem de chegada no dia do evento.

Show da SESI BIG BAND convida Jorge Vercillo acontece no próximo sábado

Começa a contagem regressiva para o show da SESI BIG BAND convida Jorge Vercillo, que acontece no próximo sábado 25, às 19 horas, no estacionamento externo do Natal Shopping.

O evento tem como realizadora Juçara Figueiredo Produções e é uma parceria do Sesi RN com o Fest Bossa & Jazz. Inicialmente, o show estava previsto para janeiro, mas foi adiado e finalmente chegou o momento. Para quem já havia adquirido os ingressos, eles continuam valendo mediante troca nas lojas Romance Brazil do Midway Mall, Praia Shopping e Natal Shopping. Já o novo lote está disponível nos valores de R$ 40 (pista - inteira) e R$ 80 (cadeira - inteira). Parte da renda será revertida em produtos de necessidades básicas à LIGA contra o Câncer.

Jorge Vercillo

O cantor e compositor carioca, Jorge Vercillo, renomado músico brasileiro, vai unir a sua musicalidade com a animada orquestra de jazz formada por instrutores e professores do projeto SESI ARTE, regida pelo maestro Eugénio Graça. No show, o público será surpreendido por um repertório envolvente e com arranjos exclusivos da orquestra. Cantores como Ed Motta, Ivan Lins, Taryn Szpilman, Roberta Sá, Khrystal, Yamandu Costa, Lenine e Mestrinho já passaram pelo projeto.

Serviço
Sesi Big Band convida Jorge Vercillo
Data: 25 de Março de 2017 (Sábado)
Local: Estacionamento Externo do Natal Shopping
Horário: 19h
Venda de Ingressos: Lojas Romance Brazil
(Natal Shopping, Praia Shopping e Midway Mall)
Informações: (84) 9 9981-0052

Equipes do Sesi/RN participam do Torneio Nacional de Robótica FLL

O Rio Grande do Norte está bem representado no Torneio Nacional de Robótica FIRST® LEGO® League (FLL). Duas equipes do SESI/RN participam da etapa nacional do torneio que começa nesta sexta-feira, 17.

Criado em 1998 pela FIRST® em parceria com o Grupo LEGO®, a competição internacional vem se tornando um sucesso no Brasil. O programa visa despertar o interesse pelas áreas de ciências, matemática e tecnologia inspirando e desafiando crianças e jovens de 9 a 16 anos a pensarem como cientistas e engenheiros de campo.

Na nova temporada do Torneio de Robótica FLL, batizada de Animal Allies (aliados animais, em português), pessoas e bichos devem se aliar na missão de fazer a vida melhor para todos. Os participantes deverão identificar problemas de cooperação entre seres humanos e animais e desenvolver soluções inovadoras.

Para a equipe potiguar Trinity Force, o problema identificado foi que animais com deficiência nas patas traseiras (paralisia) não possuíam um estilo de vida adequado e muitas vezes são sacrificados por seus donos por não terem condições financeiras favoráveis. A Mech Wheelchair for Dogs é a cadeirinha desenvolvida pela equipe que, diferente das outras, possui um custo médio de R$ 40,00 no modelo básico (PVC) e mecanismos que permitem que o animal fique na sua posição de sentar ("joelhos"). Também terá pedais, que simularão o movimento natural das patas, estimulando o crescimento nervoso (fazendo assim com que a cadeira seja eficaz para cães que estão em recuperação), evitando o atrofiamento e melhorando o funcionamento do ciclo intestinal que, devido à paralisia, fica comprometido. Em conjunto com a cadeira, haverá uma revista que conterá uma lista de alimentos que o animal pode ou não pode comer, além de um passo a passo de massagens fisioterapêuticas que o próprio dono pode fazer no animal, e um manual de montagem e manuseio da cadeira.

Já a equipe The Ebep Bugs (TEB’S), trabalhou com a problemática da diabetes mellitus, uma doença decorrente da exposição a uma hiperglicemia crônica que afeta um crescente número de cães, e é considerada uma pandemia mundial pela OMS (Organização Mundial da Saúde). Atrelado a ela pode ocorrer à incidência do hipotireoidismo, uma disfunção causada pela produção insuficiente de hormônios tireoidianos. A falta de monitoramento em relação aos animais domésticos decorrente ao estilo de vida conturbado dos humanos tem sido um fator que agravou a ocorrência da diabetes mellitus. Cerca de 25% dos caninos e felinos diagnosticados, normalmente nos primeiros meses após a identificação da doença, morrem em até 6 meses do diagnóstico inicial. A equipe natalense propõe um kit adaptado para prevenir diabetes e o hipotireoidismo em cães, composta por uma coleira adaptada para a coleta de sangue, focinheira, guia, medidor glicêmico, seringas, material de assepsia e luvas, além de aplicativo e tabela informativa a respeito do nível glicêmico, que indicará se ele está baixo, normal ou acima do normal.

A etapa nacional que se inicia nesta sexta, 17, vai até o domingo, 19, na Unidade do SESI em Taguatinga/DF. Participarão da disputa 74 equipes classificadas nas 13 etapas regionais, que ocorreram de novembro de 2016 a março de 2017. Estima-se a presença de 740 competidores, de 9 a 16 anos, de escolas do SESI, rede pública, rede particular e times de garagem, de 24 Estados e do Distrito Federal.

As equipes estarão concorrendo a 21 vagas para campeonatos internacionais, que acontecem no Texas, Califórnia, Dinamarca, Reino Unido e Austrália.

"

FIERN | SESI | SENAI | IEL

Portuguese Chinese (Simplified) English French German Italian Japanese Korean Russian Spanish

Notícias - SESI

Ribeira Boêmia faz novo tributo ao Fundo de Quintal

Mais uma dupla homenagem vem por aí: ao Grupo Fundo de Quintal e ao compositor e violonista Cleber Augusto, um dos fundadores do Movimento Cacique de Ramos e ex-integrante do Fundo de Quintal. Este será o tom da próxima edição do Projeto Cultural Ribeira Boêmia, repetindo o sucesso de 2016, que acontece no próximo dia 25.03, a partir das 18h, no belo Solar Bela Vista, a nova casa do Projeto Cultural Ribeira Boêmia, no centro histórico de Natal, coladinho na Ribeira. O evento terá ainda a presença do sambista potiguar, hoje radicado no Rio de Janeiro, André da Mata.

A tradicional roda de samba do Ribeira Boêmia tem ainda uma escalação de peso de sambistas potiguares, com a participação de Berthone Oliveira, Matheus Magalhães e Everaldo Rodrigues. Abrindo a noite, nada menos do que o Samba Preto no Branco. E, como sempre, a condução de tudo será da roda oficial do Projeto, composta por Leonardo Galvão (cavaquinho); Anchieta Menezes (violão 7 cordas); Bruno César (sopros); Daniela Fernandes (voz); Rogério Madureira (voz e pandeiro); Ayrton Neto (voz e percussão); e Rafael Prada, Flaubert Benício e Alfredo Carvalho (percussão e efeitos gerais); e ainda a especial presença de Vinícius Assunção, do grupo Clave de Si (banjo).

“A contribuição que o Fundo de Quintal deu ao samba é indiscutível. Foi um grupo emblemático para toda uma geração de sambistas, como Jorge Aragão, Zeca Pagodinho, Arlindo Cruz, Almir Guineto, Sombrinha, entre outros, levando para o estúdio a música que era produzida no Cacique de Ramos. Além disso, introduziu novos instrumentos, como o tantã, o repique de mão e o banjo. Sem falar no papel fundamental que teve na formação de muitos sambistas potiguares”, afirma Leonardo Galvão, um dos idealizadores e produtores do Ribeira Boêmia, que lembra ainda que “Cleber Augusto foi integrante e contribuiu muito com a banda com a composição de grandes clássicos, como ‘A amizade’, ‘Lucidez’ e ‘Seja sambista também’“.

O Projeto contará, nessa edição especial, com o patrocínio da Prefeitura do Natal – Programa Djalma Maranhão, Unimed RN, Potiguar Turismo e Casa de Saúde São Lucas, além da parceria com Solar Bela Vista, nova casa do Ribeira Boêmia, e dos importantes apoios culturais, que viabilizam sua manutenção, como Sistema Fecomércio RN – SESC; Sistema FIERN – SESI, ART&C Comunicação Integrada; Universitária FM; ABIH RN; OAB RN – Caixa de Assistência aos Advogados; Le Postiche; IndetFix; e Neutron.

Sobre Cleber Augusto

O compositor e violonista Cleber Augusto nasceu no Rio de Janeiro, foi criado em Ramos e é nacionalmente conhecido como a “Voz calada do samba”. Iniciou sua carreira na década de 70, influenciado, já em sua adolescência, por grandes músicos e artistas, como Manuel da Conceição, Baden Powel e João Bosco. Atraído então por ritmos genuinamente brasileiros, foi convidado a ser músico de uma dupla da Jovem Guarda, Leno e Lilian.

Foi um dos fundadores do movimento Cacique de Ramos e lá se lançou como compositor. Como integrante do grupo carioca Fundo de Quintal, participou de gravações de discos e apresentações em inúmeros shows, compondo vários sucessos, que hoje são cantados por ícones da música brasileira, como “A amizade”, “O show tem que continuar”, “Lucidez”, dentre muitos outros.

Sobre André da Mata

O cantor, compositor e instrumentista André da Mata, hoje radicado no Rio de Janeiro, nasceu em Natal e foi criado em Mossoró. Encantou-se desde muito cedo pelo samba de raiz e fez dele a sua vida. Idealizou e durante 10 anos esteve à frente do Grupo Musical Samba Nobre, que tinha como objetivo fortalecer o movimento do samba pelo Nordeste. Finalista do maior festival de compositores do Brasil em 2013, o São Paulo Exposamba, André da Mata escolheu o Rio de Janeiro como morada, em busca da realização dos seus sonhos.

No final de 2015 gravou seu primeiro CD, apresentando 14 faixas, sendo 13 canções autorais e em parcerias. O trabalho teve a participação de artistas reconhecidos no cenário carioca e nacional, como Ronaldinho “Fundo de Quintal”, Marcelinho Moreira, Mingo Silva, Moyseis Marques e Maria Menezes. André da Mata fez o lançamento do seu CD no Carioca da Gema, Rio de Janeiro, em 2016.

Serviço:

O quê? Tributo ao Fundo de Quintal do Ribeira Boêmia

Quando? Sábado, 25 de março de 2017, a partir das 18h.

Onde? Solar Bela Vista – Rua São Tomé – Centro Histórico de Natal (vizinho ao Senac Centro).

Quanto*? Ingressos antecipados a preços promocionais (meia entrada para todos) de R$20,00.

Vendas antecipadas de ingressos: Le Postiche (Midway Mall e Natal Shopping – 2º piso)

Contatos para entrevistas:

Laumir Barrêto – 84 99953-0417 Leonardo Galvão – 84 99634-7999

(*) As mesas serão disponibilizadas gratuitamente, em número limitado, por ordem de chegada no dia do evento.

Show da SESI BIG BAND convida Jorge Vercillo acontece no próximo sábado

Começa a contagem regressiva para o show da SESI BIG BAND convida Jorge Vercillo, que acontece no próximo sábado 25, às 19 horas, no estacionamento externo do Natal Shopping.

O evento tem como realizadora Juçara Figueiredo Produções e é uma parceria do Sesi RN com o Fest Bossa & Jazz. Inicialmente, o show estava previsto para janeiro, mas foi adiado e finalmente chegou o momento. Para quem já havia adquirido os ingressos, eles continuam valendo mediante troca nas lojas Romance Brazil do Midway Mall, Praia Shopping e Natal Shopping. Já o novo lote está disponível nos valores de R$ 40 (pista - inteira) e R$ 80 (cadeira - inteira). Parte da renda será revertida em produtos de necessidades básicas à LIGA contra o Câncer.

Jorge Vercillo

O cantor e compositor carioca, Jorge Vercillo, renomado músico brasileiro, vai unir a sua musicalidade com a animada orquestra de jazz formada por instrutores e professores do projeto SESI ARTE, regida pelo maestro Eugénio Graça. No show, o público será surpreendido por um repertório envolvente e com arranjos exclusivos da orquestra. Cantores como Ed Motta, Ivan Lins, Taryn Szpilman, Roberta Sá, Khrystal, Yamandu Costa, Lenine e Mestrinho já passaram pelo projeto.

Serviço
Sesi Big Band convida Jorge Vercillo
Data: 25 de Março de 2017 (Sábado)
Local: Estacionamento Externo do Natal Shopping
Horário: 19h
Venda de Ingressos: Lojas Romance Brazil
(Natal Shopping, Praia Shopping e Midway Mall)
Informações: (84) 9 9981-0052

Equipes do Sesi/RN participam do Torneio Nacional de Robótica FLL

O Rio Grande do Norte está bem representado no Torneio Nacional de Robótica FIRST® LEGO® League (FLL). Duas equipes do SESI/RN participam da etapa nacional do torneio que começa nesta sexta-feira, 17.

Criado em 1998 pela FIRST® em parceria com o Grupo LEGO®, a competição internacional vem se tornando um sucesso no Brasil. O programa visa despertar o interesse pelas áreas de ciências, matemática e tecnologia inspirando e desafiando crianças e jovens de 9 a 16 anos a pensarem como cientistas e engenheiros de campo.

Na nova temporada do Torneio de Robótica FLL, batizada de Animal Allies (aliados animais, em português), pessoas e bichos devem se aliar na missão de fazer a vida melhor para todos. Os participantes deverão identificar problemas de cooperação entre seres humanos e animais e desenvolver soluções inovadoras.

Para a equipe potiguar Trinity Force, o problema identificado foi que animais com deficiência nas patas traseiras (paralisia) não possuíam um estilo de vida adequado e muitas vezes são sacrificados por seus donos por não terem condições financeiras favoráveis. A Mech Wheelchair for Dogs é a cadeirinha desenvolvida pela equipe que, diferente das outras, possui um custo médio de R$ 40,00 no modelo básico (PVC) e mecanismos que permitem que o animal fique na sua posição de sentar ("joelhos"). Também terá pedais, que simularão o movimento natural das patas, estimulando o crescimento nervoso (fazendo assim com que a cadeira seja eficaz para cães que estão em recuperação), evitando o atrofiamento e melhorando o funcionamento do ciclo intestinal que, devido à paralisia, fica comprometido. Em conjunto com a cadeira, haverá uma revista que conterá uma lista de alimentos que o animal pode ou não pode comer, além de um passo a passo de massagens fisioterapêuticas que o próprio dono pode fazer no animal, e um manual de montagem e manuseio da cadeira.

Já a equipe The Ebep Bugs (TEB’S), trabalhou com a problemática da diabetes mellitus, uma doença decorrente da exposição a uma hiperglicemia crônica que afeta um crescente número de cães, e é considerada uma pandemia mundial pela OMS (Organização Mundial da Saúde). Atrelado a ela pode ocorrer à incidência do hipotireoidismo, uma disfunção causada pela produção insuficiente de hormônios tireoidianos. A falta de monitoramento em relação aos animais domésticos decorrente ao estilo de vida conturbado dos humanos tem sido um fator que agravou a ocorrência da diabetes mellitus. Cerca de 25% dos caninos e felinos diagnosticados, normalmente nos primeiros meses após a identificação da doença, morrem em até 6 meses do diagnóstico inicial. A equipe natalense propõe um kit adaptado para prevenir diabetes e o hipotireoidismo em cães, composta por uma coleira adaptada para a coleta de sangue, focinheira, guia, medidor glicêmico, seringas, material de assepsia e luvas, além de aplicativo e tabela informativa a respeito do nível glicêmico, que indicará se ele está baixo, normal ou acima do normal.

A etapa nacional que se inicia nesta sexta, 17, vai até o domingo, 19, na Unidade do SESI em Taguatinga/DF. Participarão da disputa 74 equipes classificadas nas 13 etapas regionais, que ocorreram de novembro de 2016 a março de 2017. Estima-se a presença de 740 competidores, de 9 a 16 anos, de escolas do SESI, rede pública, rede particular e times de garagem, de 24 Estados e do Distrito Federal.

As equipes estarão concorrendo a 21 vagas para campeonatos internacionais, que acontecem no Texas, Califórnia, Dinamarca, Reino Unido e Austrália.

Prev Next