‘Aproximação do Mais RN com municípios é um marco no desenvolvimento do Estado’, diz FEMURN

7/08/2019   13h20

 

O presidente da Federação dos Municípios do RN (FEMURN), José Leonardo Cassimiro de Araújo, classificou a aproximação do Mais RN junto as Prefeituras como “um marco para a retoma do desenvolvimento do Estado”.  Naldinho, como Cassimiro é conhecido, disse que a iniciativa da FIERN para integrar os municípios ao Mais RN está coerente com o momento no qual as prefeituras buscam uma integração com empresas, os demais entes da federação e instituições públicas.

 

“As prefeituras necessitam que estejam integradas para, assim, suas portas estarem abertas e, nisto, o MAIS RN pode colaborar”, afirmou Naldinho, que também é prefeito de São Paulo do Potengi, durante a abertura do Fórum “O MAIS RN e o Desenvolvimento Municipal”, na Casa da Indústria, nesta quarta-feira (7). A declaração foi durante pronunciamento, logo depois de o presidente da FIERN abrir o evento.

 

Ele afirmou que a iniciativa é particularmente oportuna na atual conjuntura. “O mundo e o país estão mudando. Por isso, o governo e as prefeituras não podem ficar à margem desta tendência”, comentou o presidente da Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte.

 

Naldinho demonstrou confiança na recuperação dos municípios. Segundo o presidente da FEMURN, as reivindicações do movimento municipalistas, do qual participam prefeitos e vereadores, têm recebido mais atenção em Brasília e dos governos estaduais.

 

Com isso, parte dos recursos obtidos com a cessão onerosa para exploração do pré-sal deverão ser destinados aos municípios. A perspectiva é que sejam distribuídos às prefeituras 15% dos quase 70 bilhões que serão arrecadados com a cessão, pela União, dos direitos de exploração do óleo nestes campos de petróleo.

 

Naldinho aproveitou para destacar que os municípios devem aproveitar as discussões motivas pelo MAIS RN para definir medidas de incentivos fiscais que evitem aumento da carga tributária no município.

 

“Trocar imposto por emprego principalmente no interior pode ser adequado. Não devemos pensar pequeno. Precisamos deixar o discurso do choro para o do encantamento, da conquista do crescimento e, assim, ir mais longe”, disse o presidente da FEMURN.

 

 

O presidente da Federação das Câmaras Municipais, Paulo Freire, também destacou a oportunidade que as prefeituras terão a partir da aproximação do Mais RN. “Essa ferramenta integrada ao portal da FIERN será um diferencial dos municípios do Rio Grande do Norte”, destacou Paulinho Freire, que também é presidente da Câmara Municipal de natal.

 

Também participaram do Fórum, o secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Jaime Calado; o secretário adjunto, Sílvio Torquato; os diretores primeiro tesoureiro da FIERN, Roberto Serquiz; primeiro secretário, Heyder Dantas; diretor Alberto Serejo; o presidente do Sindleite, Dalton Cunha; o superintendente do Sebrae, Zeca melo; o presidente da Associação Comercial, Itamar Manso, e o representante do IFRN, professor Belchior de Oliveira.

 

Por Aldemar Freire