Equipe do SESI-RN fica em terceiro lugar na Olimpíada Brasileira de Cartografia

22/11/2019   14h53

 

A equipe da escola do SESI-RN de São Gonçalo do Amarante/RN conquistou o terceiro lugar na Olimpíada Brasileira de Cartografia — OBRAC-2019. Formada pelos alunos Dailton Lima, Renata Custódio, Elton Santos e Ana Paula Rodrigues, sob a orientação do professor Diego B. Cavalcante, o grupo de estudantes do SESI-RN ficou entre os três primeiros melhores do país na OBRAC, ao superar quatro etapas dessa Olimpíada e concorrer na final, no Rio de Janeiro, em uma competição que foi disputada por 1.500 equipes.

 

A final foi disputada entre segunda-feira (18) e esta sexta-feira (22). “Essa conquista é inédita, com nossos alunos ficando entre as melhores equipes do Brasil. Isso é fantástico e se trata de algo ainda mais relevante, porque trabalhamos não só a cartografia, mas também toda a prática transversal com outras disciplinas e o aspecto social, uma vez que desenvolvemos a pesquisa junto a refugiados, que é algo tão latente nos dias atuais e isso permite desenvolver a sensibilidade e empatia dos jovens que participam deste trabalho”, disse Diego Cavalcante.

 

O professor destaca também a participação na Olimpíada Brasileira de Cartografia é parte integrante de um projeto desenvolvido todos os anos em turmas da primeira série do ensino médio das unidades Natal e São Gonçalo do Amarante, onde é trabalhado o tema da cartografia, com aulas teóricas e práticas no laboratório de ciências e informática, envolvendo desde analise de imagens de satélites até a confecção de uma representação da superfície terrestre em uma realidade em 3D. Os alunos com os maiores índices acadêmicos obtidos durante o desenvolvimento do projeto, foram selecionados para compor a equipe que disputou a OBRAC, sendo dessa forma a culminância de um projeto que durou todo o ano letivo.

 

A Olimpíada Brasileira de Cartografia (OBRAC), organizada pela Universidade Federal Fluminense (UFF), é um evento bienal voltado aos alunos do Ensino Fundamental e Ensino Médio de escolas públicas e privadas. Tem como objetivos principais estimular, na escola, o interesse pelas Ciências, especialmente pela Cartografia; promover aos professores o conhecimento e ferramentas para o ensino dinâmico e participativo em áreas que abrangem o conteúdo cartográfico; prover a socialização de professores e alunos através de atividades em equipe e fomentar a formação de recursos humanos para atuação na área de Cartografia e das geotecnologias.

 

As provas são constituídas por questões relativas ao conhecimento do aluno no campo da Cartografia, matéria trabalhada nas escolas de ensino básico dentro da disciplina de Geografia, mas também com possibilidades de exploração em outros campos, como História e Matemática, envolvendo temas como orientação, escala, coordenadas geográficas e representação gráfica do terreno, importantes elementos para a compreensão e interpretação do espaço.

 

Por Aldemar Freire – jornalista – Unicom Sistema FIERN