FIERN E SEBRAE-RN planejam segunda edição do projeto Produto Potiguar

29/01/2019   17h58

 

O Sistema FIERN e o Sebrae-RN deram início ao planejamento para a segunda edição do Projeto Produto Potiguar. Gestores das duas entidades, ligados ao setor de mercado, participaram de uma reunião na tarde desta terça-feira (29), na sede do Sebrae. Lançado em abril do ano passado, em caráter piloto, o projeto é organizado pela FIERN e SEBRAE para ampliar o mercado consumidor de empresas do Rio Grande do Norte com foco na abertura de mercado de São Paulo.

 

A participação na nova fase do projeto poderá acontecer por meio de edital, com data de lançamento a ser definida, e pré-seleção por perfil de empresas. Da FIERN, participou o técnico Guido Salvi, e pelo Sebrae-RN, os gestores Horácio Barreto, David Góis, Jéssica Barros e Maezia Teodora.

 

Além de permitir a entrada em novos mercados, o projeto aumenta a competitividade das empresas participantes para ingressar em grandes mercados do país. Ao aderir ao projeto – que contou, em 2018, conta com subsídio de 50% do Sebrae, 30% da FIERN e 20% de contrapartida – as empresas têm acesso a pesquisa de mercado e uma consultoria individual para estudo da marca e estrutura comercial, além de participar da aproximação comercial com empresas paulistas.

 

Em novembro do ano passado, dirigentes de 20 empresas do RN estiveram em São Paulo, onde participaram da “Aproximação Comercial”, com exposição de marcas e produtos, rodada de negócios com representantes dos setores de Food Service, Varejo, Hotéis, Bares Restaurantes, Supermercados, Atacarejos, Empórios Orgânicos e Naturais e Casas de Produtos Regionais, além de visitas técnicas a rede Eataly, St. Marche Supermercado e ao Mercado de Pinheiros.

 

Algumas empresas fecharam negócios ainda durante o evento e já estão fornecendo para empórios e supermercados de alto padrão, outras estão com negociações avançadas. A aproximação comercial em São Paulo contou com 34 compradores presentes e resultou em 148 reuniões de negócios, durante e pós-evento.

 

Participaram do projeto piloto em 2018, as empresas Cachaça Samanaú, Cachaça Extrema, Cachaça Pátria Amada, Pão Petrópolis, Aquamar Camarões, Azeite KORU, Grão Massas e Biscoitos, Bom Demais – Polpa de Frutas, Cerveja Bacurim, Cerveja Holanda, Temperos SADIO, Polpa Bom-Fruit, AquaCoco, Produto Primor, CIMSAL, Do Trigo, Leite CLAN, Terra Doce, Phytoactive, Empório do Licor e Coco & Companhia.