FIERN participa de encontro sobre o Fundo Constitucional do Nordeste para 2020

19/09/2019   13h37

A programação de recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE) para 2020 foi o principal assunto do encontro entre representantes de entidades dos setores produtivos do Rio Grande do Norte e dirigentes do Banco do Nordeste, na manhã desta quinta-feira (19), no auditório da Câmara de Dirigentes Lojistas de Natal (CDL). A reunião contou com a participação do diretor primeiro secretário da FIERN, Heyder Dantas, e do diretor Edilson Trindade. Na ocasião, o superintendente de Ambiente de Políticas de Desenvolvimento do BNB, Henrique Jorge Tinoco, destacou que o Nordeste deve manter o FNE como instrumento de promoção do crescimento econômico da região.

 

 

Criado pela Constituição de 1988, o Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste tem o objetivo de contribuir para a redução das desigualdades regionais por intermédio da concessão de crédito especiais, ao setor produtivo, o que assegura financiamento e projetos que aumentem a oferta de emprego e renda. O FNE é operado pelo Banco do Nordeste, que tem 292 agências.

 

 

Em 2019, serão financiados, na região Nordeste, R$ 845 milhões, por intermédio do FNE. Para 2020, a proposta em elaboração indica uma meta de R$ 891 milhões em crédito para empresas de diversos segmentos.

 

Na reunião desta terça, os representantes das entidades e de órgãos dos governos estadual e federal discutiram a distribuição destes recursos por ramos de atividade. Heyder Dantas avaliou o encontro como proveitoso para os diversos interlocutores terem acesso às informações. Ele lembrou que a destruição dos recursos vem sendo discutido há um mês, em um modelo de elaboração que consulta os diversos segmentos produtivos.

 

 

Além disso, afirmou, a reunião desta quinta-feira foi uma oportunidade para apresentar sugestões de algum ajuste no orçamento do FNE para 2020 e assim, assegurar, que os diversos setores sejam contemplados dentro de suas expectativas para este programa de incentivo ao desenvolvimento regional.

 

 

Também participaram da reunião, o secretário estadual de Planejamento e Finanças, Aldemir Freire, o secretário de Desenvolvimento Econômico, Jaime Calado, o secretário adjunto de Desenvolvimento Econômico, Sílvio Torquato, o superintendente do Sebrae, Zeca Melo, o diretor financeiro da Câmara de Dirigentes Lojistas de Natal (CDL), Ricardo Borges, além de técnicos e gestores das entidades e do Banco do Nordeste.

 

 

Por Aldemar Freire, Unicom/FIERN