A importância do professor do SESI para o cenário educacional atual

15/10/2018   15h16

 

Em artigo, o gerente-executivo de Educação do SESI Nacional, Sergio Gotti, afirma que a resposta para o bom desempenho da rede SESI na educação brasileira está no empenho cotidiano dos professores e gestores e o engajamento dos estudantes, que não veem as escolas como um espaço enfadonho e sim, um portal para o futuro

 

As organizações são instituídas pelas pessoas e para pessoas. Elas representam as percepções, visões de mundo, valores, interesses e expectativas do imaginário social, fortemente influenciadas pelo contexto histórico, geográfico e cultural em que estão inseridas. A natureza da organização escolar assume sua singularidade, distinta das demais organizações sociais.

 

A escola está situada no espaço imaterial das consciências humanas e da cultura, dada pela concepção de educação expressa no projeto pedagógico. As unidades da rede do Serviço Social da Indústria (SESI) têm suas características marcadas pela missão da instituição que as mantém. Nossas escolas destacam-se por metodologias diferenciadas, tecnologias de ponta e, acima de tudo, pela equipe de professores altamente qualificada. São esses profissionais que fazem a diferença na vida do estudante e em seus resultados.

 

Conforme estudo realizado pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) e publicação de autores especialistas em educação como Raj Chetty, Milton Friedman e Jonathan Rockoff, estudar com professores com alto valor agregado pode influenciar em situações de vida do estudante como a propensão a frequentar uma universidade, a ganhar salários maiores, a viverem em bairros mais afluentes e até mesmo a tomada de decisão sobre a aposentadoria.

 

A publicação Os professores da Rede SESI de Ensino: perfil atual e possibilidades de aperfeiçoamento, divulgada em 2017, analisou o perfil dos professores da rede SESI de ensino com base nos dados da Prova Brasil 2013 e destacou que o ambiente escolar e o papel do professor se situam “numa escala bem acima das redes públicas, em itens como: boa formação inicial em termos de conteúdo; maior dedicação e/ou exclusividade (com remuneração que permita isso); maior tempo de dedicação às atividades de ensino em relação às atividades administrativas; existência de um projeto pedagógico orientador; organização escolar de qualidade; investimento no capital social”. Atribui essas características ao que se denomina efeito Rede, a partir da observação de que “a rede SESI está bem organizada para os padrões básicos que conformam ambiente escolar e o papel do professor”.

 

Dois aspectos fundamentais explicam o melhor desempenho das escolas da rede SESI em relação às demais: o ambiente escolar e o papel do professor. Se o ambiente escolar é fator relevante, o professor é determinante para esse desempenho.

 

Destaca-se que 97% dos professores SESI cursaram a graduação na modalidade presencial, 6% possuem mestrado e 73% concluíram cursos de pós-graduação lato sensu; 94% dos professores da rede participaram de alguma atividade de desenvolvimento profissional. Os docentes reconhecem que, quando o curso ofertado está relacionado com o emprego de novas metodologias de ensino em sua área de atuação, o impacto em sua prática profissional é altamente relevante. Em outra publicação, estudantes da Educação de Jovens e Adultos (EJA) destacaram como lembranças positivas os professores atenciosos e participativos, que tornaram os momentos de trocas estimulantes e prazerosos.

 

Em 2018, o SESI se destacou em eventos internacionais conquistando o 1º lugar no maior torneio de robótica do mundo, o “World Festival” que aconteceu em Houston, EUA e o 2º lugar no “First LEGO League Open Invitation Central Europe”, em Debrecen, Hungria. No Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) de 2017, o resultado de nossas escolas foi superior às demais: 5,64 para as escolas SESI e 4,7 para as demais instituições privadas.

 

Portanto, é fato que nossos professores fazem a diferença. Além de boa formação, do investimento na formação continuada e no enriquecimento cultural, utilizam as modernas tecnologias, como a robótica, além de assumirem o efetivo compromisso com os estudantes, estabelecendo uma relação de reciprocidade, respeitando sua identidade e desafiando-os à autonomia na construção do conhecimento.

 

É imprescindível mencionar que as escolas da Rede SESI de Educação tem se destacado em projetos arrojados e inovadores, como a Nova Educação de Jovens e Adultos (EJA) e o Novo Ensino Médio, tornando-se protagonista na implementação de políticas públicas que elevam a qualidade da educação, além de ter participação em espaços importantes como conselhos, comissões e grupos de trabalho. Além disso, as escolas são procuradas pelas redes públicas e privadas, canais de televisão, jornais e revistas, que desejam saber a fórmula do sucesso. A resposta está no empenho cotidiano dos professores e gestores e o engajamento dos estudantes, que não veem nossas escolas como um espaço enfadonho e sim, um portal para o futuro.

 

Parabéns aos professores do SESI. O Brasil e seus estudantes lhe são gratos.