MAIS RN acompanha lançamento das pesquisas Industrial e da Construção Civil do IBGE

5/04/2022   16h10

 

A equipe técnica do MAIS RN, Núcleo de Inteligência Estratégica do Sistema FIERN, participou do evento de lançamento das pesquisas do IBGE: Pesquisa Industrial Anual; Pesquisa Anual da Construção Civil; Pesquisa Anual do Comércio e Serviços. Na ocasião, houve palestra sobre como o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) pode apoiar empresas e empreendedores na tomada de decisão.

 

Foi lançado, também, a publicação “Brasil em Números” que retrata a linha histórica de indicadores, tais como: educação, saúde, habitação, finanças públicas, indústria, turismo e comércio e serviços.

 

O gerente do MAIS RN, Pedro Albuquerque, explicou que uma das funções do programa é acompanhar e atualizar o Observatório da Indústria, um Hub com mais de 20 plataformas contendo indicadores dos mais variados aspectos da economia.

 

O MAIS RN integra o comitê de acompanhamento e execução do Censo 2022 realizado pelo IBGE. Neste comitê, estão presentes diversas instituições. “Eu sou o técnico indicado da FIERN para acompanhar esses trabalhos. Por ora, o momento é de seleção de prédios e pontos de apoio para que os recenseadores possam se instalar nos mais diversos municípios do estado”, disse.

 

Neste sentido, o IBGE é um dos principais parceiros neste trabalho uma vez que boa parte desses indicadores são coletados, tratados e disponibilizados pelo Instituto. “Nossa perspectiva é de aprofundar ainda mais trabalhos e artigos escritos em parceria e cooperação com os técnicos do IBGE”, concluiu.

 

Sobre o MAIS RN

Lançado em 2014 como um observatório da indústria e um mapa de oportunidades de negócios, potenciais econômicos e ações prioritárias, em âmbito público e privado, o Mais RN inicialmente listava uma série de ações e metas para viabilizar, em 20 anos, um novo patamar de crescimento econômico do Rio Grande do Norte, sendo apresentado a gestores públicos.

 

Em 2020, o programa atingiu nova feição ao lançar a versão digital, o Mais RN 4.0 e, em meio a pandemia de Covid-19, lançar mão de recursos e plataformas digitais de Power BI (Business Inteligence) e ganhou espaços de debate junto aos empresários, com o Mais RN em Ação, que trouxe as Salas de Situação.

 

Para o Observatório, foi criado um conjunto de dashboards com dados e indicadores, de diversas fontes – como emprego, desemprego, arrecadação pública, ICMS, PIB per capita do Município, PIB da Indústria, PIB dos Serviços, análise da evolução do emprego, evolução da indústria -, que se correlacionam e podem ser atualizados para dar um panorama geral e sistematizado sobre determinado cenário ou setor da economia.

 

Com o MAIS RN em Ação, a FIERN se tornou um centro de inteligência para a economia privada, com enfoque no empresário e suas demandas. Atualmente, o Mais RN trabalha junto às cadeias de geração de Energias, Têxtil e confecção, Infraestrutura, Parque tecnológico, Pesca, Pecuária, Mineração, Turismo e Fruticultura, entre outras.

 

A plataforma desenvolveu também o documento Agenda Propositiva para o Desenvolvimento do RN, entregue ao Governo do Estado em outubro de 2021, elencando pontos e ações que envolvem poucos recursos financeiros em termos de investimento público, mas são de fundamental importância para a economia potiguar.