SENAI-RN produz 71 mil máscaras para ajudar na prevenção

10/08/2020   13h53

Ao distribuir máscara para quem está em situação de rua, os voluntários da instituição beneficente Fraternidade de Aliança Toca de Assis fizeram um trabalho para assegurar o acesso a um meio de prevenção contra a contaminação do coronavírus. Ao mesmo tempo, orientaram sobre a forma correta de colocar e lavar as máscaras, o que garantiu a eficácia do uso, além de mostrar a importância dos cuidados de higiene para evitar a propagação do vírus.

 

 

 

Por isso, a doação que recebeu do SENAI-RN de 2.000 máscaras de rosto ajudou para que tivesse a quantidade suficiente nessa atuação junto a esse público e aos demais que presta assistência ou ajuda com o apoio para que os serviços beneficentes sejam mantidos.

 

 

 

 

Iris Marroque, coordenadora da entidade, explica que as máscaras também foram distribuídas nos locais de acolhimento e recuperação de dependente químicos, como a Fazenda Esperança, que está localizada no munício de Serra do Mel e também junto às demais famílias que recebem assistência da Toca de Assis, que teve doações de outras instituições além do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI).

 

 

 

 

O SENAI-RN tem, na distribuição de máscara, uma de suas ações no apoio ao combate à covid-19. Foram, no primeiro semestre deste ano, produzidas pelas unidades do SENAI no Rio Grande do Norte 67 mil máscaras de tecidos e 4 mil de face-shield, o que propiciou a distribuição junto a 40 instituições beneficiadas em Natal e no interior.

 

 

 

 

 

A coordenadora da Toca do Assis afirma que, no trabalho de assistência socia,l o apoio que recebeu com as máscaras doadas colabora para que os beneficiados e voluntários se sintam mais seguros.

 

 

Além disso, com a doação do material é fundamental para que o trabalho de convencimento sobre a importância da prevenção seja mais efetivo. Sem a entrega da máscara, as pessoas em situação de rua, por exemplo, receberiam a orientação, mas não teriam como adquirir as máscaras. Com o material disponível, também é possível ensinar sobre os procedimentos para que se tenha os devidos cuidados contra a propagação da doença. As máscaras garantiram ainda que as instituições beneficentes não paralisassem sua atuação assistencial, uma vez que havia a preocupação em assegurar a prevenção necessária com ida do voluntário à comunidade, que precisa chegar com a assistência.

 

 

 

 

Além disso desta distribuição de máscara, os Serviços de Tecnologia e Informação do SENAI-RN fizeram, ao longo do primeiro semestre, a manutenção de 131 respiradores, desfibriladores e outros equipamentos hospitalares, beneficiando 14 instituições da área de saúde.