Aluna SESI Escola vence concurso nacional de desenho do MCTI

2/07/2021   12h27

 

A estudante da SESI Escola de São Gonçalo do Amarante – instituição do Sistema FIERN –, Nathália Thamires da Silva Tintim, 13 anos, é a vencedora do Concurso de Desenho da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT). A obra ficou entre as sete melhores do país e será oficialmente utilizada como logomarca durante o evento promovido pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI).

 

Como prêmio, a adolescente, filha do autônomo Waltercio Tintim de Medeiros e da dona de casa Maria da Conceição Silva de Lima, fará uma viagem a Brasília durante a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia para participar da Cerimônia de Abertura do evento, com direito a um acompanhante.

 

Nathália está no sétimo ano do ensino fundamental e sempre desenhou como um hobby “sempre tive o apoio dos meus pais em relação a ir mais fundo com meus desenhos. Quando percebi que eu realmente ganhei, eu fiquei pensando em tudo que posso fazer daqui para frente, e essa oportunidade com certeza vai me ajudar muito”, comemora.

 

 

O evento, previsto para acontecer em outubro, será a 18ª edição da Semana, com atividades em todo o país que aproximam a ciência, tecnologia e inovações da rotina de crianças, jovens e adultos. Os primeiros 10 desenhos participam também da exposição na galeria do site da SNCT 2021.

 

Para a gerente de educação do SESI-RN, Karenine Medina, essa é uma conquista muito importante na formação de Nathália. “É um reconhecimento do esforço da aluna e da equipe pedagógica que apoiou, orientou e inscreveu ela no concurso”, diz a gerente que informa que a aluna foi orientada pelo professor Josinaldo Araújo, em Oficina Tecnológica; e a professora Olga Guedes, em Artes.

 

O concurso é organizado pelo Museu Itinerante Ponto UFMG em parceria com a Coordenação-Geral de Popularização da Ciência, Tecnologia e Inovação (CGPC) da Secretaria de Articulação e Promoção da Ciência (SEAPC), do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI). O tema desta edição é “A transversalidade da ciência, tecnologia e inovações para o planeta”.

 

Na primeira fase com competição, os desenhos inscritos foram avaliados e os 10 melhores se classificaram para a segunda fase, de votação popular. A intenção da disputa é estimular a criatividade, a divulgação e a popularização da ciência, tecnologia e inovação no Brasil. Participaram estudantes de escolas públicas e privadas de todo o país, do ensino fundamental a partir do 6º ano até o 3º ano do ensino médio.

 

Por Jô Lopes - edição Cris Vidal - Unicom FIERN