FIERN participa de entrega, pelo presidente da República, de novo trecho da malha férrea em Parnamirim

30/03/2022   16h25

Foto: Rennê Carvalho/PMN

 

A Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Norte (FIERN) participou nesta quarta (30) da solenidade de inauguração da Estação Cajupiranga e entrega de trecho da malha férrea em Parnamirim (RN), pelo presidente da República, Jair Bolsonaro. Os diretores Vilmar Pereira e Roberto Serquiz participaram do evento que reuniu os ministros Rogério Marinho (Desenvolvimento Regional), Fábio Faria (Comunicações), João Roma (Cidadania) e Ciro Nogueira (Casa Civil).

 

A inauguração marca a conclusão do Trecho I da Linha Branca da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) na Região Metropolitana de Natal. Jair Bolsonaro ressaltou ser esta mais uma obra do governo federal entregue no estado e falou da importância disso para a população. Ao todo, o Governo Federal planeja investir R$ 90,7 milhões na malha férrea no Rio Grande do Norte.

 

Para o diretor primeiro tesoureiro Roberto Serquiz, que representou o presidente da FIERN, Amaro Sales, essa obra representa a recuperação e modernização de uma malha férrea que foi desativada na década de 70 e integra um complexo de terminais.

 

Ele informou que sistema ferroviário é o meio de transporte mais barato para a população e comentou a expectativa em ver também contêineres da indústria sendo transportados. “O investimento em infraestrutura é importantíssimo e pavimenta o desenvolvimento”, afirmou.

 

O vice-presidente da FIERN, Vilmar Pereira, destacou que a malha férrea é obra de suma importância para a mobilidade urbana da Grande Natal. “É um investimento expressivo e acredito que a obra que vai até São José de Mipibu será concluída até setembro”, disse.

 

O ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, reforçou o impacto que obras em infraestrutura têm para o cidadão, bem como o compromisso do governo em executá-las em todo o Brasil.

 

No Rio Grande do Norte, o sistema de linhas de trens conta com 56,6 quilômetros de linhas férreas e 23 estações. A CBTU no RN transporta, em média, 11,6 mil pessoas por dia.

 

Foto: Dênio Simões/MDR