Amaro Sales destaca resultados e agradece apoio e colaboração ao longo dos 12 anos na presidência da FIERN

27/10/2023   12h09

Em discurso que marcou a transmissão de cargo e abriu a solenidade de posse da nova diretoria da Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Norte (FIERN), na noite desta quinta-feira (26), o presidente Amaro Sales de Araújo destacou as entregas e resultados alcançados ao longo de doze anos de gestão e agradeceu a todos que colaboraram em sua jornada à frente da Federação.

 

Após 12 anos na liderança da Federação, ele transmitiu a presidência para o empresário Roberto Serquiz nesta quinta-feira (26), no evento de posse da nova diretoria para o quadriênio 2023-2027, em Natal. A solenidade foi prestigiada por empresários, políticos, imprensa e representantes da Confederação Nacional da Indústria (CNI), de Federações das Indústrias de outros estados e de instituições representativas do setor produtivo.

 

 

“Ter exercido a presidência do Sistema FIERN, de fato, foi a mais rica experiência de minha vida como empreendedor e líder sindical. Não apenas pelo honroso cargo, mas pelo privilégio de aprender muito com muitas pessoas”, declarou Amaro. “Cheguei, em outubro de 2011, com um lema: com a indústria, onde a indústria estiver”, acrescentou.

 

Ele enalteceu a atuação das casas do Sistema Indústria — FIERN, SESI, SENAI e IEL — nos últimos anos. “Criamos e ampliamos unidades, melhoramos serviços, realizamos eventos e projetos, executamos programas, alcançamos metas ousadas em atendimento e matrículas. Pintamos o mapa do Rio Grande do Norte com a presença das casas do Sistema FIERN em todos os municípios potiguares”, frisou Amaro.

 

As entregas do Mais RN e a consolidação do núcleo de planejamento estratégico contínuo da FIERN como Observatório da Indústria junto à CNI também foram destaque no discurso. “Com o decisivo comprometimento da equipe técnica e o expressivo apoio da diretoria e presidência, o Mais RN cresceu ao longo desses quase dez anos, tornando-se uma referência de integração de dados e de planejamento. O acervo MAIS RN precisa ser base de consulta de todos os que pensam e amam o pujante Rio Grande do Norte, território de ricas potencialidades”, afirmou.

 

“Tenho orgulho de termos inaugurado o Instituto SENAI de Inovação em Energias Renováveis, hoje a principal referência do SENAI no Brasil em Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação em energia eólica, solar e sustentabilidade; orgulho-me também, na área da educação, da SESI Escola de Referência, das 43 SESITEC e Indústrias do Conhecimento, e da FAETI, a Faculdade das Energias Renováveis, já com a liberação do MEC para operação”, ressaltou Amaro.

 

 

Durante o discurso, ele defendeu a reindustrialização do estado e do país e o ímpeto para aproveitar as potencialidades produtivas do Rio Grande do Norte. “Vivemos a era da mudança da matriz energética, em que o Rio Grande do Norte está entre os pioneiros, com a decisiva atuação do SENAI, atento às mudanças do mundo e às exigências da nova indústria”, afirmou.

 

“O Brasil e o Rio Grande do Norte precisam apostar na reindustrialização. A agregação de valor, o uso da tecnologia, a resolução de problemas a partir de uma demanda social, dentre outras características, marcam positivamente a atividade industrial, liderada por verdadeiros heróis da resistência e que, sob qualquer análise, é importante para a sociedade e merece evidência e apoio”, salientou.

 

A gratidão também prevaleceu no discurso de Amaro, que citou a família, diretores e colaboradores do Sistema FIERN, a classe política do Rio Grande do Norte e a Confederação Nacional da Indústria.

 

“Cheguei ao Sistema FIERN ainda muito jovem para participar do Sindicato da Indústria de Panificação e Confeitaria do Estado do Rio Grande do Norte onde, por sua vez, ocupei diversos cargos que, enfim, me credenciaram a participar da diretoria da FIERN e, em momento seguinte, a exercer a presidência”, relatou Amaro. “Evidentemente em nenhum lugar cheguei sozinho e nada fiz sem a firme colaboração de muitos. Agradeço a Deus pelas bênçãos recebidas e aos diretores, presidentes e delegados dos sindicatos pela confiança que me foi outorgada ao longo de 40 anos de atuação em cargos de direção sindical no Sistema FIERN”, agradeceu.

 

 

“Agora será a vez de Roberto Serquiz conduzir a coordenação administrativa e política do Sistema FIERN. Está pronto e com muita vontade de trabalhar. Saibam todos que Roberto é preparado e hábil, tem valores morais importantes, é disciplinado e com muita disposição para fazer o melhor”, elogiou. “Continuarei à sua disposição, presidente Roberto, e de todos da diretoria, na condição de vice-presidente da Confederação Nacional da Indústria, representando o Rio Grande do Norte”, concluiu Amaro.

 

Na cerimônia, Amaro recebeu uma homenagem feita pelo seu neto João Dallas, a filha Lilian e a esposa, Fátima Araújo. A família agradeceu pelos valores construídos no ambiente familiar e pelos conhecimentos ensinados nos negócios. Durante a fala, Dallas ainda aproveitou para saudar o presidente Roberto Serquiz e desejar sucesso na gestão da FIERN.

 

 

No próximo dia 31 de outubro, Amaro tomará posse como vice-presidente da CNI na nova diretoria. Atual diretor 1º secretário da Confederação, ele assume a nova função para o mandato 2023-2027, comandado pelo presidente eleito Antônio Ricardo Alvarez Alban, da Federação das Indústrias da Bahia (FIEB).

 

Além do presidente, também discursaram na solenidade o presidente da Federação das Indústrias de Alagoas (FIEA), José Carlos Lyra, representando a CNI, o novo presidente Roberto Serquiz, e a governadora do estado, Fátima Bezerra.