FAETI, Faculdade de Energias Renováveis do Senai-RN, abre vagas com seleção por nota do Enem

22/01/2024   10h49

 

A FAETI, Faculdade de Energias Renováveis e Tecnologias Industriais do Senai-RN, abre, nesta segunda-feira (22), o período de inscrições para seleção do curso de engenharia mecânica, com ampla concorrência e critério de classificação por nota do Enem.

 

As inscrições para o processo seletivo foram oficialmente iniciadas em 15 de janeiro, mas estavam restritas, até então, a profissionais vinculados a indústrias. Agora, todas as pessoas que fizeram o Enem em 2021, 2022 ou 2023 e interessados/as em disputar uma vaga por meio de vestibular interno poderão se candidatar.

 

A participação na seleção é gratuita, com inscrição no site faeti.rn.senai.br até 21 de janeiro, para candidatos vinculados à indústria, e 30 de janeiro, para os demais.

 

A FAETI é a primeira Faculdade do Brasil com foco em energias renováveis e marca a expansão das ações do SENAI-RN para o setor no país. A portaria de credenciamento da Faculdade foi publicada pelo Ministério da Educação em agosto de 2023.

 

A Faculdade vai funcionar no Hub de Inovação e Tecnologia (HIT) do SENAI em Natal, também sede dos Centros de referência do SENAI, no Brasil, para formação profissional, inovação e pesquisa aplicada para energias renováveis e sustentabilidade (O Centro de Tecnologias do Gás e Energias Renováveis – CTGAS-ER – e o Instituto SENAI de Inovação em Energias Renováveis – ISI-ER).

 

O curso de engenharia mecânica será presencial, com duração de 5 anos e início em 4 de março. Serão ofertadas 45 vagas, sendo 16 para ampla concorrência (nota do Enem ou vestibular); 20 para candidatos vinculados a indústrias, 4 para ex-alunos SESI e 5 para colaboradores/familiares do SENAI-RN. A mensalidade será de R$ 1.549,66, com possibilidades de descontos.

 

 

 

“Nós temos a expectativa de reunir uma turma bastante plural, com profissionais que já estão empregados, com jovens que acabaram de concluir o Ensino Médio e profissionais que querem se reposicionar na carreira, enxergando uma demanda importante no setor de energia renovável ou em outro setor industrial”, frisa o diretor do SENAI-RN, do ISI-ER e da FAETI, Rodrigo Mello, ressaltando que o objetivo é a formação de profissionais voltados/as às necessidades práticas da indústria.

 

O presidente da Federação das Indústrias do Rio Grande do Norte (FIERN) e do Conselho Regional do SENAI-RN, Roberto Serquiz, destaca a relevância da Faculdade em um contexto de efervescência do setor de energia. “Essa Faculdade vem somar ao que temos realizado para fazermos mais e melhor, ou seja, para termos projetos melhores e parques melhores, o que vem muito de encontro ao que o mundo pede”.