SINDIPLAST-RN realiza doação de polietileno para confecção de próteses mamárias para pacientes mastectomizadas

30/10/2023   11h53

 

Alegria e gratidão tomaram conta da Casa de Apoio ao Paciente com Câncer Irmã Gabriela, em Natal, com a doação de polietileno para ser utilizado na fabricação de próteses mamárias para pacientes mastectomizadas, por parte do Sindicato das Indústrias de Material e Laminados Plásticos do Rio Grande do Norte (SINDIPLAST-RN). A presidente SINDIPLAST-RN e vice-presidente da Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Norte (FIERN), Maria da Conceição Tavares, realizou a entrega do material na manhã desta segunda-feira (30).

 

Além da matéria-prima, também foram entregues próteses já fabricadas pela Casa da Amizade de Natal. As doações do SINDIPLAST-RN e da Casa da Amizade foram realizadas em parceria com o distrito 4.500 do Rotary Brasil.

 

De acordo com a presidente do SINDIPLAST-RN e vice-presidente da FIERN, a doação vai atender a demanda de um ano para a fabricação das próteses. “Em alusão ao Outubro Rosa, que é voltado para a conscientização sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama, realizamos essa doação para ajudar diversas mulheres atendidas pela Casa de Apoio”, afirma Conceição Tavares. “O material foi avaliado e validado por médicos e está pronto para a confecção das próteses”, completa.

 

Magda Oliveira, presidente da Rede Feminina, grupo de voluntárias que administra a Casa de Apoio Irmã Gabriela, reforça a alegria e a gratidão por receber as doações. “É uma alegria muito grande, porque é um material muito custoso e essa doação traz uma economia muito grande para a Rede. Com essas próteses, vamos distribuir próteses para pacientes de todo o estado”, comenta.

 

 

A presidente da Casa da Amizade de Natal, Anália Maria de Brito, conta que a instituição, que existe há 65 anos, trabalha constantemente em parceria com a Casa de Apoio. “Esse é um trabalho que a Casa da Amizade já tem há muitos anos. Todos os anos realizamos alguma doação que a Casa de Apoio necessite, seja de próteses ou alimentos, além de trabalhar de forma semelhante com outras entidades”, ressalta.

 

Já o governador do distrito 4.500 do Rotary, José Miranda de Esteves, que também participou, explica que ações como são o foco da organização. “O Rotary é uma entidade que atua em todo o mundo realizando ações humanitárias e sociais, como hoje, em que entregamos esse material para a Casa de Apoio”, aponta.