“Nordeste é a solução para o Brasil”, diz presidente da FIERN ao presidente Jair Bolsonaro

11/12/2019   16h35

 

Foto: Miguel Ângelo/CNI

O presidente do Sistema FIERN, Amaro Sales de Araújo, fez uma enfática defesa dos interesses da indústria potiguar e do Nordeste, durante solenidade da Confederação Nacional da Indústria, que homenageou o presidente da República, Jair Bolsonaro, nesta quarta-feira (11), em Brasília. Bolsonaro foi agraciado com o Grande Colar da Ordem do Mérito Industrial – a mais importante homenagem prestada a autoridades pela indústria brasileira. O encontro reuniu cerca de 650 empresários, integrantes de federações e associações setoriais da indústria, na sede da CNI.

 

 

A comenda foi entregue pelo presidente da CNI, Robson Braga, e a chancela pelo presidente Amaro Sales, que também é secretário geral da CNI.

 

Foto: Miguel Ângelo/CNI

 

Falando em nome da região Nordeste, o presidente da FIERN e da Associação Nordeste Forte, defendeu a retomada de investimentos públicos em projetos estruturantes de segurança hídrica, como a transposição das águas do Rio São Francisco, de infraestrutura logística, como a ferrovia Transnordestina, e um novo olhar para os negócios da região. E ressaltou a importância da articulação institucional do Sistema Indústria com a Presidência da República, sobretudo, quando o País retoma o esforço do desenvolvimento econômico.

 

“O Nordeste não é problema. O Nordeste é solução para o Brasil”, frisou o presidente do Sistema FIERN, em seu discurso. Apenas cinco presidentes de Federações da Indústria, cada um representando sua região, apresentaram os pleitos ao presidente da República.

 

Foto: Miguel Ângelo/CNI

 

Para Amaro Sales, alternativas que passam pelas reformas, privatizações, concessões públicas e outros instrumentos de parceria público-privada são decisivas para consolidar o crescimento econômico e merecem apoio e empenho da classe empresarial e da sociedade. “O aparelho estatal precisa respirar e investir; a iniciativa privada precisa ter segurança jurídica para também investir. Juntos, Estado e empreendedores, revigoram o ciclo virtuoso da economia”, afirmou.

 

A indústria nordestina, explica o presidente da FIERN, reconhece o esforço do governo federal para desburocratizar procedimentos que inibem a atividade produtiva. “São procedimentos burocráticos que travam a produtividade das empresas e nada colaboram para o desenvolvimento social do País. Esperamos que continuem”, afirmou.

 

Foto: José Paulo Lacerda

 

A importância da atuação do Sistema Indústria, capitaneado pela CNI e instrumentalizado pelo SESI, SENAI e IEL, também foi destaca durante o discurso. “O Sistema Indústria tem dado valiosa contribuição para o crescimento do país, com a educação que transforma e gera riqueza, a educação profissional, que é levada pelo sistema aos grandes centros urbanos e aos rincões do país, sempre com excelência, formando mão de obra qualificada, antenada com as necessidades do mercado, com os avanços que o mundo e o país exigem”, disse Amaro Sales.

 

Robson Braga de Andrade, Presidente da CNI recebe Jair Messias Bolsonara, Presidente da República.rBrasília (DF) 11.12.2019 – Foto: Miguel Ângelo/CNI

 

Amaro Sales também entregou ao presidente Jair Bolsonaro um exemplar da Programação prioritária do Nordeste – 2019/2022, documento que consta que apresenta propostas para o desenvolvimento da região, elaborado pela Associação Nordeste Forte.

 

 

Veja na íntegra o pronunciamento do presidente Amaro Sales.

 

Por Sara Vasconcelos – jornalista Unicom/Sistema FIERN